Qual o limite da gordura visceral

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por
em 10/02/2024

Compartilhe

Qual o limite da gordura visceral?

A gordura visceral é a gordura que se acumula ao redor dos órgãos internos, como o fígado, o pâncreas e os intestinos. Ela é considerada mais perigosa do que a gordura subcutânea, que fica logo abaixo da pele, pois está associada a um maior risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e outros problemas de saúde. Mas afinal, qual é o limite saudável para a gordura visceral?

A importância de medir a gordura visceral

Antes de falarmos sobre o limite da gordura visceral, é importante entender a importância de medir essa gordura. A medição da gordura visceral pode ser feita através de exames de imagem, como a tomografia computadorizada ou a ressonância magnética. Esses exames permitem avaliar a quantidade de gordura visceral presente no corpo e identificar se ela está dentro dos limites considerados saudáveis.

Fatores que influenciam o limite da gordura visceral

O limite da gordura visceral pode variar de acordo com diversos fatores, como idade, sexo, genética, estilo de vida e condições de saúde. Por exemplo, mulheres tendem a ter um limite de gordura visceral um pouco mais alto do que os homens. Além disso, pessoas mais jovens tendem a ter um limite maior do que pessoas mais velhas.

Os riscos da gordura visceral em excesso

Ter um acúmulo excessivo de gordura visceral pode trazer diversos riscos à saúde. Essa gordura libera substâncias inflamatórias no organismo, que podem levar ao desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes tipo 2, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e até mesmo certos tipos de câncer. Por isso, é importante manter a gordura visceral dentro de limites considerados saudáveis.

Limites considerados saudáveis para a gordura visceral

Não existe um limite único e absoluto para a gordura visceral, pois como mencionado anteriormente, ele pode variar de acordo com diversos fatores. No entanto, de acordo com especialistas, é recomendado que a gordura visceral represente menos de 10% do peso corporal total. Por exemplo, se uma pessoa pesa 70 kg, o limite saudável para a gordura visceral seria de no máximo 7 kg.

Como reduzir a gordura visceral

Se você está com a gordura visceral acima do limite considerado saudável, é importante adotar medidas para reduzi-la. A melhor forma de fazer isso é através de uma combinação de alimentação saudável e prática regular de exercícios físicos. Uma dieta equilibrada, rica em frutas, legumes, proteínas magras e fibras, aliada a exercícios aeróbicos e de fortalecimento muscular, pode ajudar a reduzir a gordura visceral.

A importância do acompanhamento médico

É importante ressaltar que a redução da gordura visceral deve ser feita com acompanhamento médico. Um profissional de saúde poderá avaliar sua situação específica, indicar exames para medir a gordura visceral e orientar sobre as melhores estratégias para reduzi-la. Além disso, ele poderá acompanhar seu progresso ao longo do tempo e fazer ajustes necessários no tratamento, se necessário.

Conclusão

Em resumo, não existe um limite único e absoluto para a gordura visceral, pois ele pode variar de acordo com diversos fatores. No entanto, é recomendado que a gordura visceral represente menos de 10% do peso corporal total. Caso você esteja com a gordura visceral acima desse limite, é importante buscar orientação médica e adotar medidas para reduzi-la, como uma alimentação saudável e a prática regular de exercícios físicos.

Compartilhe

Você vai gostar também: